sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

Vamos mudar a enfermagem?

Há uma pesquisa na internet querendo saber a opinião da classe de enfermagem. E segundo último levantamento do IBGE em 2015 a classe de enfermagem é composta de 3,5 milhões de trabalhadores no Brasil, e em sua maioria a composição é de técnicos e auxiliares, totalizando 80%, sendo os outros 20% de enfermeiros. Seria novidade se isso fosse diferente, o alicerce da enfermagem está no técnico e no auxiliar de enfermagem, ou seja, vocês são o coração da saúde, são nobres. Dessa porcentagem, 66% apontaram estar desgastados com a profissão que vai desde subsalários a carga excessiva de trabalho.

Mas, nem só desgaste a classe vive, já conseguimos vitórias expressivas conquistando a Lei do Descanso (PLS 597/2015) e da Proibição do Ensino à Distância na formação de profissionais de Enfermagem (PL 2891/2015) e quem sabe em breve conseguiremos efetivar as tão sonhadas 30 horas a PL 2295/2000.

Para tanto, foi criado este estudo que apontará quais melhorias são bem vindas ao olhos da classe de enfermagem, bem como o que cada um pode fazer para que esta mudança ocorra. Participe você também, preenchendo o formulário, é rápido não demora mais que 10 minutos e poderá trazer benefícios incríveis para a classe, pois, se somos a maioria deveremos ser respeitados como tal.

Vamos lá participe, seja o agente da mudança que tanto deseja. Enfermagem unida é enfermagem forte!

Acesse: https://goo.gl/9RrsWf e participe você também para o fortalecimento da nossa classe.

Ajude o Grupo Rio Enfermagem, chame seus amigos e fique atualizado.

Curta: http://www.facebook.com/rioenfermagem01

Acesse: http://twitter.com/RioEnfermagem

Faça parte: http://www.facebook.com/groups/rioenfermagem01/

Assista: http://www.youtube.com/channel/UCok0ouJ8eUY6xutOYY0LuHA

Clique na foto Rio Enfermagem no Facebook ao final do "post" e faça parte do grupo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário